Candidaturas abertas para estudantes em situação de emergência humanitária na Faculdade de Medicina

Sexta-feira, Julho 15, 2022 - 20:03

De 15 a 21 de julho estão abertas as candidaturas especiais para estudantes internacionais, em situação de emergência humanitária, ao curso de mestrado integrado em Medicina da Faculdade de Medicina da Universidade Católica Portuguesa.

Estão abertas 4 (quatro) vagas supranumerárias e destinam-se apenas a estudantes em situação de emergência humanitária, com documentação emitida pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).

As condições de apresentação da candidatura estão no Regulamento de Acesso e Ingresso ao ciclo de estudos integrado conducente ao grau de mestre em Medicina da Faculdade de Medicina da Universidade Católica Portuguesa.

Para efetuar a candidatura, os candidatos deverão efetuar os seguintes passos:

  1. Aceder à página de candidaturas especiais – estudante internacional, da Faculdade de Medicina da Universidade Católica Portuguesa;
  2. Preparar os seguintes documentos:
  • Documento emitido pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) em como se encontra ao abrigo de situação de emergência humanitária;
  • Documento de identificação;
  • Certificado de conclusão do ensino secundário e com exames finais válidos exigidos para o curso, traduzido em língua portuguesa ou inglesa;
  • Caso já tenha frequentado o ensino superior: certidão de unidades curriculares realizadas com programas e cargas horárias, traduzida para português e inglês;
  • Certificado de proficiência em inglês nível C1, de acordo com requisitos exigidos

(Nota: todos os documentos devem estar traduzidos em língua Portuguesa ou Inglesa e devem conter a Apostila de Haia)

    3. Realizar a candidatura através da página de candidaturas especiais – estudante  internacional, da Faculdade de Medicina da Universidade Católica Portuguesa

ATENÇÃO: Durante a candidatura selecionar nas “Quotas especiais” a opção “Estudantes em situação de emergência humanitária”

Os candidatos estão isentos de pagamento de taxa de candidatura. É aplicável a propina a estudantes ao Concurso Geral.