Laboratório de Anatomia

Anatomia é a ciência base do estudo do corpo humano, em todos os programas educacionais das ciências da saúde, sendo a disseção a forma mais rica de concretizar esta aprendizagem.

Partindo do conceito clássico de teatro anatómico e adaptando-o à realidade dos departamentos modernos de anatomia, foi criado este laboratório com 410m² e que dispõe de várias salas de preparação de peças e cadáveres, salas de preservação com câmaras de congelação e refrigeração, vestiários e duas salas de dissecção destinadas ao ensino pré e pós-graduado, com oito mesas de dissecção.

Todas as peças anatómicas utilizadas foram altruisticamente doadas através do programa de doação cadavérica, e seguindo todas as normas legais e éticas que garantem o digno tratamento do corpo.

O nosso departamento promove ainda o estudo anatómico in vivo, através de modelos anatómicos e mediante aulas interativas com suportes digitais (atlas 3D, microscopia digital…), tutoriais e outras sessões práticas no âmbito de Embriologia e Histologia, cujo ensino se concretiza predominantemente no Laboratório de Histologia e Salas de Microscopia.

 

Programa de Doação de Corpo à Faculdade de Medicina

O ensino da Anatomia tem um papel inquestionavelmente relevante na formação dos estudantes de Medicina e a sua aprendizagem depende do estudo minucioso do corpo humano. Ao doar o seu corpo, os doadores possibilitam ao estudante de Medicina um maior e melhor conhecimento do organismo humano o que, inevitavelmente, o dotará de competências que se refletirão também no cuidado prestado aos indivíduos vivos. É, por isso, importante relembrar que o ensino da Anatomia depende do altruísmo e generosidade dos indivíduos que doam os seus corpos à ciência para que os estudantes e profissionais da área da saúde possam desenvolver competências e aprendizagens que só o estudo aprofundado do corpo humano permite.

A Universidade Católica Portuguesa é extremamente grata a todos aqueles que, providos de uma generosidade filantrópica, doam o seu corpo à ciência e ao ensino da Medicina. A decisão de doar o corpo ao ensino deve ser considerada uma dádiva vital para a consolidação e o avanço das Ciências da Vida em geral e, por isso, um ato cívico da maior generosidade.

A doação do corpo à Faculdade de Medicina da Universidade Católica Portuguesa (FMUCP) processa-se de acordo com o Procedimento Interno de Doação de Corpo.

 

 

Equipa: 

Luís Mascarenhas de Lemos, MD (Coordenador)

Patrícia Caetano da Silva, TSDT (Assistente de Coordenação)